MEIA LUA FALCIFORME

(MEIA LUA FALCIFORME)

Paraná, 2019, 22'

Competitiva Brasil 2

Importante documento de um estado de barbárie, de como a dimensão do humano se estreita ao ponto de não incluir algumas vidas. A vida com dor. Dor do preconceito e dor física, que não pode ser medida, pois a contagem disponível nos protocolos da medicina não consegue estimar. O requinte da necropolítica se traduz na medicina, que negligencia a doença hereditária mais comum no Brasil. Mas, apesar da dor, há a poesia, o desejo ardente de vida, a coragem para enfrentar os desafios cotidianos.

(Alessandra Brito)



direção Débora Evellyn Olimpio, Dê Kelm

roteiro Débora Evellyn Olimpio, Dê Kelm, Everlane Moraes

produção Jade Azevedo

animação Aristeu Araújo

fotografia Flávio Rebouças

montagem Aristeu Araújo

arte e figurino Bea Gerolin

som Luiz Lepchak Tulio Borges

elenco principal Joice Aragão, Simone Peres, Felipe Alan Paixão, Elvis Magalhães, Maria Vilela, Cássia Gomes

 

empresa produtora Haver Filmes, Fiocruz Vídeo

 

contato d.kelmsoares@gmail.com