Carole 2

Não me liberte, eu cuido disso/

LIP V: CHRISTIANE E MONIQUE

França, 1976, 30'

No ano de 1976, em Besançon, operárias e operários da LIP ocupam novamente a fábrica onde trabalham e reativam a produção de relógios. Monique e Christiane testemunham sobre a dificuldade de ser mulher diante dos figurões da luta sindical. Para evidenciar o racismo de gênero, conhecido como sexismo, Monique propõe (…)

LIP I: MONIQUE

França, 1973, 25'

Agosto de 1973, em Besançon. Após a ocupação da fábrica da LIP pela polícia, uma operária, Monique Piton, fala dos seus quatro meses de luta, sublinha o lugar decisivo das mulheres no Comitê de Ação e denuncia o papel desempenhado pela televisão.

SCUM MANIFESTO

França, 1976, 27'

Uma leitura encenada de trechos do “SCUM Manifesto”, de Valerie Solanas, editado em 1967 e rapidamente esgotado em francês. Delphine Seyrig traduz algumas passagens para Carole Roussopoulos, que as digita na máquina de escrever. Ao fundo, uma televisão transmite imagens ao vivo do telejornal, no qual ouvimos, em certos momentos, (…)

Array ( [0] => LIP V: CHRISTIANE E MONIQUE [1] => LIP I: MONIQUE [2] => SCUM MANIFESTO )