Retrato de Nova York I

(New York Portrait I)

Estados Unidos, 1978-79, 16’

CH-IR 1

Christopher Harris: Influências e Ressonâncias

EXIBIÇÃO

Local: Cine Humberto MauroDia: 02/09/2019Horário: 17h00*Sessão seguida de conversa com Christopher Harris*Já realizado

A obra mais impressionante de Hutton… O estilo do cineasta adquire uma agudeza assertiva que marca sua maturidade. A paisagem tem uma majestade que serve para refletir sobre a interioridade meditativa do artista, independente de qualquer presença humana… Nova York é enquadrada nas noites escuras de um inverno solitário. O pulso da vida urbana não encontra lugar em Retrato de Nova York; a densa população metropolitana e a imponente cena urbana desaparecem diante da atenção de Hutton à força primária de uma presença universal. Com um olhar sensível para o ordinário, Hutton pode apontar sua câmera em direção às nuvens e encontrar bandos de pássaros, ou se voltar para os objetos simples ao redor do seu apartamento, esforçando-se para suscitar uma intuição pessoal a partir da presença deles… Hutton encontra uma relação harmoniosa, mesmo se por vezes melancólica, com os elementos naturais que retêm sua graça apesar do ambiente artificial da cidade. A cidade torna-se uma cidade fantasma que o cineasta transforma em um veículo que reflete seu humor pessoal. O último plano mira, através de uma praia do Brooklyn, para o horizonte do parque de diversões de Coney Island. O parque tranquilo evoca a cidade outrora frenética, suavizada pelo inverno. A natureza continua seus eternos ciclos, impermeável à presença humana, às aspirações da sociedade, ou à decadência da metrópole.

(Millenium Film Journal)


direção Peter Hutton

 

contato info@canyoncinema.com